sexta-feira, 6 de maio de 2011

Alvaro Bastos



"Queria escrever num cantinho do céu,
para que só fosse lida nos dias sem nuvens,
a história do amor que é o sol de meus dias.
Usaria a caligrafia das andorinhas na
largueza do azul e contaria segredos
do seu olhar de relva e risada de água pura,
que corre cristalina."


Um comentário :

  1. Esse cantinho do céu onde guardaria a poesia da minha alma.
    bjs querida
    oa.s

    ResponderExcluir