sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Sobreviva (Deise de Macedo)


Este foi um ano difícil, perdi Pipi passarinho que encontrei muito novo caído do ninho, viveu anos comigo dei liberdade mas nunca foi embora só na morte. Meu gato Preto, minhas cadelas Luma, Samanta, Pretinha e Shirra. Minhas três cadelas são participantes do meu sonho Maricá, mas naquela manhã de sábado eu abri o portão para um passeio na minha rua como sempre fazia, então encontraram uma passagem pelo muro e se foram, enquanto eu as procurava dentro do condomínio elas estavam sendo atropeladas na estrada. Entrei em tristeza profunda, culpa, questionamentos, muitos pensamentos negativos perdi muito cabelo, sono e emagreci mais do que já sou. Procurei ajuda médica, pessoas para falar e chorar tomei medicamentos.
Sei que este estresse emocional foi um acumulo de perdas significativas na minha vida, perdi uma gravidez de 8 meses numa batida de carro, meu padrasto morreu de câncer e depois meu marido assassinado no portão da minha casa em Niterói.
Eu sobrevivi por mim, pelas pessoas que amo e me amam pelos meus amigos de quatro patas e porque a vida é assim, temos muitas perdas ao longo do caminho e eu ainda vou ter.
Não aprendemos a perder, acostumamos com a dor e guardamos dentro da gente.
Se você está passando por isso procure ajuda medica, familiar e amigos, faça algo que te ocupe e sobreviva.

Nenhum comentário :

Postar um comentário